BEM VINDO A RADIO CIDADE REGIONAL FM MS

 

download (1)

Somos á Radio Cidade Regional de Tres Lagoas

Trazendo a melhor Programaçao 24hs Para Sua Familia

  Venha Fazer Parte da Nossa Programaçao acesse e Ouça

Totalmente Digitalizada som Stereo Entre Em Contato

 

018 981672691 (Peça o Seu Som)

Read more

fotos 035_001

 

NOTICIAS MATOGROSSO DO SUL

Confira A Tv Radio Cidade Nova Aliança Gospel

fotos 038
fotos 043_001

NAO DEIXE SEU DINHEIRO PARADO SEM MINERAR AGORA  VOCE INVESTE  50 REAIS E TEM 200% A MAIS  DO SEU DINHEIRO INVESTIDO EX:   50 REAIS  = 150 LUCRO  100 REAIS  POR MES NA SUA CONTA    GANHE 30 REAIS POR  SEMANA   5 SEMANAS  150 REAIS        MAIS INFORMAÇAO  PARA CONTATO   CONTA             0016 2241-3   AG 0281  OP  013  ANTONIO LUIZ  DE  OLIVEIRA    SISTEMA FINACEIRO 

 

 PENAPOLIS  CEL;  AREA  (018 )  81691622   EMAIL    ANTONIOLUIZ-DE@BOL.COM.BR

 

 

 

images (5
images

ESTE PLAYER É AO VIVO CLICK NA IMAGEM

images (2)
O ministro da Fazenda Henrique Meirelles disse nesta segunda-feira (30) que as taxas de juros deverão cair como consequência da aplicação das medidas econômicas anunciadas na semana passada, que visam, de acordo com o governo, estabilizar a economia, permitindo que o crescimento seja retomado. Hoje, a taxa básica de juros está em 14,25% ao ano. “É correto de se esperar que, com a estabilização, […] a taxa possa ir caindo normalmente. Cai como consequência das medidas, não como medida voluntarista”, disse o ministro em evento realizado em São Paulo. Uma das medidas a que se refere Meirelles é a apresentação da proposta de emenda à constituição que limita o crescimento do gasto público. Para o ministro, com o aumento da previsibilidade, o risco país diminui, abrindo espaço para a redução dos juros. Medidas econômicas Na semana passada, o presidente em exercício, Michel Temer, anunciou medidas para tentar conter o crescimento dos gastos públicos e retomar o crescimento da economia brasileira. O anúncio acontece um dia depois de Temer entregar ao Congresso pedido de autorização para que o governo registre em 2016 um rombo recorde de R$ 170,5 bilhões em suas contas. A primeira ação proposta foi a devolução, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de pelo menos R$ 100 bilhões em recursos repassados pelo Tesouro Nacional nos últimos anos. Temer também anunciou que vai propor o limite para aumento dos gastos públicos, a suspensão de novos subsídios, a extinção do fundo soberano e o apoio ao um projeto que muda as regras para exploração do petróleo no pré-sal.
download